terça-feira, 18 de março de 2014

Fair Play da Dúvida Brasileira!

Nosso Futebol, um dos esportes mais populares do mundo é também o esporte muitas das vezes mais desonesto do mundo, para muitos não é por menos que ele deu tão certo no Brasil. Mas será mesmo que este esporte tem que continuar sendo aquele que muitas vezes para se vencer o adversário é necessário agir de forma desonesta ludibriando assim a arbitragem para marcação de faltas ou pênaltis? 

Segundo o jogador Aaron Hunt, isso não é necessário! Hunt teve uma atitude no mínimo digna de aplausos de pé. Ao invadir a área em velocidade, Hunt chegou a bola antes de Pinola e foi ao chão. O árbitro Manuel Gräfe sinalizou pênalti para o desespero do defensor, mas então Hunt tomou uma atitude louvável:

O jogador admitiu ao juiz que não sofreu a falta e então Gräfe anulou sua decisão.

Veja o vídeo você mesmo.



Em minha página do facebook, muitos disseram que isso nunca aconteceria no Brasil. Como eu costumo dizer, a gente é muita gente e nunca é muito tempo! No final do vídeo o exemplo foi seguido e o jogador do Time adversário ao do Hunt teve a mesma atitude, de toda forma ficaria horrível ter uma atitude diferente a do Hunt aquela altura da partida! 

Contudo pensemos de forma diferente, seu time está precisando de pontos para não ser rebaixado, então o que você prefere? Ter um pênalti marcado a favor do seu time por desonestidade ou ser rebaixado e ainda continuar com uma atitude de um jogador igual ao do Hunt?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...